Galileu e o Heliocentrismo


Caros estudantes da segunda série, como estamos vendo em nossas aulas o período do Renascimento foi de muita efervescência intelectual. Foi um momento, como outros da História da Humanidade, onde os homens parecem “parar” e olhar ao redor tentando encontrar “novas” respostas para velhas questões.

Contudo, também é neste momento histórico que nomes como Galileu, Leonardo ou mesmo Lutero aparecem como sendo aqueles quase “mágicos”, seres capazes de mudar o rumo que a história seguia para colocá-la em um novo trilho. Muitas vezes esses homens são vistos como “divinos” no sentido de que a inteligência de cada um deles proporcionou que pudessem ver aquilo que ninguém havia visto. Essa ideia de um gênio mudando o mundo é muito comum e cômoda, pois, de certa forma, retira de nós, os meros mortais, a responsabilidade de “fazer a nossa parte” nesta mudança.

Mas será que estes ditos gênios realmente tiveram ideias exclusivas e inovadoras ? Ou será que os estudos dos pensadores do passado, e mesmo do presente de cada um deles, não puderam dar uma “ajudinha” em toda esta genialidade ? Pois como já foi dito por alguém “Em todo gênio há 95% de transpiração e 5% de inspiração”.

Para entender melhor esta questão deixo abaixo um LINK que mostra, por exemplo, que Galileu não provou o Heliocentrismo, apesar de ter sido muito importante para a divulgação desta “nova” visão. Espero que gostem.



Copyright© 2010-2017 HISTOSOFIA - modelo por Jason Morrow